Seg, 15 Agosto, 2022  |

Infraestruturas e investimento

A 11 de novembro de 2010, através do Decreto-Lei 312/2009 foi criada a SIMDOURO - Saneamento do Grande Porto, S.A., que celebrou um Contrato de Concessão com o Estado Português, tendo ficado concessionária, até ao ano 2060, do Sistema Multimunicipal de Saneamento do Grande Porto, ou seja conferia à empresa a responsabilidade pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes “em alta” a sete municípios, nomeadamente Arouca, Baião, Castelo de Paiva, Cinfães, Paredes, Penafiel e Vila Nova de Gaia.

Em 2011, a atividade operacional da SIMDOURO consistiu na integração das infraestruturas de saneamento “em alta” existentes nos municípios de Paredes, Penafiel (bacia do Sousa) e Vila Nova de Gaia.

Em 2012, integrou as infraestruturas de saneamento “em alta” existentes no município de Arouca.

Em 2014, a principal alteração ao sistema foi a entrada em funcionamento da nova ETAR de Paço de Sousa e dos respetivos intercetores e condutas elevatórias, que servem os municípios de Paredes e Penafiel. Esta alteração permitiu desativar quatro ETAR em Paredes (Paredes/Penafiel, Baltar, Bitarães e Besteiros) e uma ETAR em Penafiel (Paço de Sousa – antiga).

Em 2015 foi inaugurada a ETAR de Fornos, sita em Castelo de Paiva, bem como concluídas as empreitadas de execução da ETAR de Cinfães e de reabilitação da ETAR de Orvida-Fermedo em Arouca.

Em 2017 iniciou-se a exploração da ETAR de Sardoura e da ETAR de Pedorido, no concelho de Castelo de Paiva.

Em 2018 foi contruída a EE da Ranha e respetiva Conduta elevatória também no concelho de Castelo de Paiva.

Desde a sua criação, em 2011, até final de 2019, a SIMDOURO investiu cerca de 155 milhões de euros na construção de novas infraestruturas e na integração e reabilitação das existentes, para melhoria do Sistema Multimunicipal de Saneamento nos municípios da sua área de abrangência. Cerca de 40% deste investimento foi financiado por fundos de coesão ou outros semelhantes.

Em termos de investimento futuro no horizonte 2020 – 2021, a SIMDOURO prevê investir cerca de 9,7 milhões de euros no sistema de saneamento, sendo que atualmente a empresa tem as seguintes infraestruturas em exploração: