Qui, 06 Outubro, 2022  |

ETAR Ponte da Ribeira

A Estação de Tramento de Águas Residuais de Ponte da Ribeira entrou em funcionamento em julho de 2010 e está dimensionada para uma população de 15.000 habitantes-equivalentes e um caudal médio de 2.289m³/dia no ano de horizonte de projeto.

O processo de tratamento baseia-se num sistema de tratamento por lamas ativadas em regime de arejamento prolongado.

Descrição da Linha Líquida
A linha líquida é constituída pelos componentes que se descrevem nos pontos seguintes:
• Tratamento preliminar constituído por Estação Elevatória com tamisador, desarenador e desengordurador;
• Tratamento biológico em duas linhas através de um processo de lamas ativadas em regime de baixa carga (arejamento prolongado);
• Decantação secundária através da separação gravítica entre as lamas ativadas e a água residual tratada;
• O efluente final é descarregado no rio Arda em condições ambientalmente adequadas.

Descrição da Linha Sólida
A linha sólida é constituída pelos componentes que se descrevem nos pontos seguintes:
• Espessador gravítico;
• Desidratação mecânica das lamas com recurso a centrífuga;
• Armazenamento de lamas desidratadas em contentores e posteriomente removidas para destino ambientalmente adequado.